terça-feira, 29 de abril de 2008

W. B. Yeats


Se eu tivesse as sedas bordadas do céu.
Com bainhas de luz de ouro e de prata.
As sedas azuis e sombrias e escuras.
Da noite e da luz e da meia-luz.
Deitava-as todas aos teus pés.
Mas eu sou pobre e só tenho os meus sonhos.
Deitei-os todos aos teus pés Pisa com cuidado,
É nos meus sonhos que estás a pisar.
(W. B. Yeats)

1 comentários:

bernadette disse...

amarela ta roxa de saudade!!!!!!!!!!!!