segunda-feira, 2 de junho de 2008

Desencontro


Desencontro
Por onde
não andei
estava
seu rastro
Quando
adormeci
você passou
Sem perceber
os sulcos
deixados
no caminho
Despertei
enquantoo sol...
...ainda
dormia
(Cláudia Gonçalves,Porto Alegre-RS)

1 comentários:

Amar Yasmine do AQUILIS disse...

Lindo poema.

Querida, estou publicando lá no blog uma estória que escrevi há tempos, com componentes BDSM e gostaria muito que lesses.
Espero tua visita.

Doces besos!