quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Boa noite meu amor...


Boa noite meu amor...
Boa noite, meu amor!
O mar acalma na brisa
essa é a hora de voltar...
A brisa acalmar o vento
os sonhos o pensamento
que não cessa de gritar
nessa noite numerosa
entre as ondas sinuosas
dos caminhos do luar...

Boa noite, meu amor!
Sem os muros dos rochedos
sem nenhum setembro negros
em mistérios nem segredos
sem os medos de voltar...

Boa noite, meu amor!
É destino o amanhecer
para a noite descansar...
Bom sonhar enquanto é tempo
bom de morrer ao relento
bom de renascer no mar...

[A. Estebanez ]

1 comentários:

maura theobald disse...

Cheguei e me encantei...
Parabéns por tamanha sensibilidade...
Lindo seu blog e já estou acampanhando!
Voltarei sempre!
Beijos da maura!