terça-feira, 5 de agosto de 2008

Ataíde Lemos


Não fiques triste
Não fiques triste
Há coisas
Que a gente vive e sente
Mas não entende,
Não encontra explicação
Foge-nos da razão
E perdemos o chão.

Não fiques triste
Tudo tem um porquê
Uma razão de ser
Que por mais difícil de aceitar
Amanhã, a resposta
Estará a chegar.

Não fiques triste
Seja forte nesta hora
A dor é mais forte agora
O tempo é o remédio
Certamente ele não apaga
Mas vai atenuar
E o sol volta a brilhar.
(Ataíde Lemos)

1 comentários:

lguns poemas com fundo disse...

Boa tarde amiga, é sempre motivo de alegria ao ver postado em seu blog poemas meus, grande amiga você é especial, abraços